21 julho 2011

Confissões de amor no divã


De vez em quando eu até tento tirar uma onda de moderninha, do tipo "tô nem aí", mas não se engane, eu sou uma romântica dessas que se derrete com qualquer palhinha de afeto. E já me sinto dotada de um tipo de inteligência emocional de grande auto-estima, que faz com que eu só goste e  de quem gosta de mim. Não tenho a menor vocação para mulher de malandro, detesto os bonitões que se acham a última bolacha do pacote, que fazem jogo e acreditam que o desprezo faz parte da conquista. Definitivamente quanto mais sou amada, cuidada e valorizada, mais eu me apaixono.

Como vocês sabem o PIF veio me ver. Para um big test, foram dezessete dias de convivência no nível máximo, nós não nos desgrudamos para nada. Dormíamos e acordávamos na mesma hora, comíamos e malhávamos juntos, passeamos muito e conversamos sobre tudo o tempo inteiro. Acho até que meu inglês melhorou, rs. E resultado; tiramos dez e ficamos muito mais ligados do que antes.

Isso foi uma surpresa para os dois, que demos uma balançada nos últimos tempos. A minha saída de lá foi confusa, o meu cansaço e a minha dúvida se voltaria ou não para os EUA nos provocou stress e muita tensão. Houve um momento que quase joguei a toalha. Nesta fase ele comentou que procurou uma psicóloga e eu nem tive tempo de perguntar porquê.

Até que essa semana, em uma das nossas conversas tranquilas, ele me contou. Disse que foi para a terapia para saber o que fazer para não me perder. Que sabia de suas falhas, que não queria repetir os mesmos erros de outras relações e que queria dar cem por cento de si, para se acontecer de nos separarmos, que não seja por sua incompetência.

Ele nem se deu conta do que estava falando até que eu abracei com muita força. Foi uma das coisas mais lindas que já ouvi. Uma vontade verdadeira de ser melhor por amor. Reconhecimento das limitações que todos temos munida de atitude. Os olhinhos azuis de menino brilharam naquele homenzarrão quando ele percebeu o quanto me deixou feliz.

Afinal, quantos homens você conhece que iriam por livre e espontânea vontade buscar algo assim? Ontem eu estava conversando com a Conça, que além de ser uma amiga maravilhosa é uma psicóloga Incrível, que sempre me presenteia com papos sensíveis e inteligentes sobre tudo. Falávamos sobre o conflito do homem nesses tempos modernos, do quanto eles estão perdidos sem saber qual é o seu papel na relação a dois e na família.Que saíram da função de provedores para parceiros, de chefes para sócios, de ditadores para negociadores e de quem escolhe para quem é escolhido. Isso deve mesmo dar um tangolomango na cachola dos rapazes que ainda estão impregnados de tantos conceitos machistas. Daí queridinhos, nada melhor mesmo para ajudar a colocar as idéias em ordem do que uma ajuda profissional, como bem soube fazer o meu Lord PIF.

Eu sou uma fã incondicional da psicologia, amo participar e estudar sobre o assunto. Contei com ela desde o início dos meus tempos, a primeira vez que estive em uma tinha dez anos. Já passei pela psicanálise, dei algumas voltas nas terapias comportamentais, tentei terapia de casal, também já participei de grupos. Mas a linha que mais amo é a junguiana, melhor ainda se for com as minha amada  idolatrada salve salve Liana Netto. Ela já funcionou para mim diversas vezes como uma mão iluminada me puxando de uma areia movediça composta de medos e decepções. Com certeza é uma integrante de peso da equipe que me impulsiona para frente aqui na terra.

Por essas e outras achei lindo o que meu big love me disse. Ter alguém interessado em ser melhor para te conquistar é algo para mim extraortinário, e bota extra nisso.
É, acho que estou trilhando um caminho florido sem volta ao valorizar quem me ama, a reconhecer a felicidade nas pequenas grandes coisas e a perseverar na construção de relações saudáveis. Puxa... Que avanço hein IF? Parabéns pra você, pro loirão e palmas para a terapia.

8 comentários:

  1. É isso aí queridíssima,esse é o verdadeiro caminho,vá em frente,parabéns!!!!!!
    Estamos torcendo por vocês.
    "Amar é ultrapassarmo-nos" bjs
    Jorginho Peralva

    ResponderExcluir
  2. Que bom ouvir, ou melhor, ler isto, Valzinha! Torço pelos dois juntos. Gostei muito dele e você é maravilhosa! Ele sabe que "tá pegando o boi"!

    ResponderExcluir
  3. Vc Valzinha é merecedora de tudo isso.Realmente é incrivel termos alguem assim,DEUS abençoe e esteja sempre presente nesse relacionamento,pois o pouco que fiquei com vcs vi que os olhos dele brilha encantado com vc por inumeros motivos:beleza,delicadeza,inteligencia...

    ResponderExcluir
  4. A torcida é enorme, principalmente depois de conhecê-lo. Ele não só está conquistando-a, como a todos nós. Até Samuelzinho encantou-se...rsss
    Bjsssssssss

    ResponderExcluir
  5. Que prova de amor maravilhosa hein Val?! A-D-O-R-E-I! E pra completar... lua-de-mel no Brasil! Ai que alegria! Que Deus abencoe esse amor pra sempre! Que bom que o PIF assim como voce, acredita na psicologia! Algo tao importante em comun entre voces...que otimo!!! Tambem concordo plenamente! Sua felicidade me faz MUITO FELIZ!!!

    ResponderExcluir
  6. Isso faz bem a alma !!!! Seja feliz... Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá minha querida amiga!!

    Isso chama-se maturidade! Enfim vcs estão maduros prontos e edisponíveis para uma relação!
    Creio que esteja ávida para pôr em prática em uma relação assim tudo que vc vem aprendendo e se tornando!!
    bjssssssssssssssssss e que vc desfrute este amor!!

    Bjssssssssssssss

    Meg

    ResponderExcluir
  8. Quanta coisa linda! Obrigada meus amores!

    ResponderExcluir

A INCRÍVEL falível espera ansiosamente por um comentário seu: